Publicado em 10/07/2019 às 09h19.

Consumidores devem ficar atentos a promoções da Liquida Bahia, alerta Decom

De acordo com o delegado titular da unidade, produtos com preços excessivamente abaixo dos praticados pelo mercado podem não existir ou ser fruto de roubo

Redação
Foto: Assessoria/Prefeitura de Ilhéus
Foto: Assessoria/Prefeitura de Ilhéus

 

Pesquisar preços antecipadamente e guardar encartes, comprovantes ou folhetos são as melhores formas de garantir que a propaganda seja cumprida durante a 14ª edição da Liquida Bahia, orienta a Delegacia de Proteção ao Consumidor (Decom). 

A campanha da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL-BA), que promete vender produtos com descontos, é realizada em cerca de sete mil lojas, em todo o estado, até o dia 14 de julho.

De acordo com a Decom, a unidade, juntamente com outros órgãos de defesa do cliente, acompanhará possíveis casos de crimes previstos no Código de Defesa. “Na última edição não tivemos caso de relevância”, relembrou o titular da Decom, delegado Marcelo Tanus.

Valores muito atrativos

Tanus alerta ainda para anúncios com valores muito atrativos. De acordo com ele, produtos com preços excessivamente abaixo dos praticados pelo mercado podem não existir ou ser fruto de roubo. “O consumidor deve estar atento para estas fraudes”, enfatizou. 

O delegado lembrou ainda que isso acontece frequentemente no ambiente online, em sites sem procedência ou de livre comércio.

Segundo informações da Decom, até o início do segundo semestre deste ano, 90 consumidores procuraram a delegacia para oficializar ocorrência. A maioria dos casos está relacionada a estelionato.

As denúncias de delitos contra o consumidor podem ser registradas na sede da unidade, localizada na Rua Carlos Gomes, região do Dois de Julho.

PUBLICIDADE