Publicado em 03/09/2018 às 21h00.

Cooperação técnica busca reduzir desigualdades de gênero no esporte

A capacitação, realizada no Estádio de Pituaçu, tem por objetivo preparar os presentes para atuarem com meninas e mulheres atendidas pelos projetos

Redação
Foto: Divulgação/SPM
Foto: Divulgação/SPM

 

As secretarias estaduais de Políticas para as Mulheres (SPM) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) realizam nesta segunda (3) e terça-feira (4), a qualificação de coordenadoras e coordenadores dos programas sociais esportivos atendidos pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb).

A capacitação, realizada no Estádio de Pituaçu, em Salvador, tem por objetivo preparar os presentes para atuarem com meninas e mulheres atendidas pelos projetos.

Dessa forma, a iniciativa busca aumentar a participação feminina na área esportiva, reduzir as desigualdades de gênero e combater à violência contra as mulheres.

Nos dois dias do encontro, os presentes debaterão acerca dos conceitos de feminismo, gênero, raça e classe; a participação da mulher no esporte; autonomia e empoderamento feminino; entre outros.

Durante a abertura da capacitação, a titular da SPM, Julieta Palmeira, ressaltou a importância da iniciativa, pioneira no país. “Esse é um projeto piloto, que objetiva democratizar ainda mais o esporte no Estado.

Esporte é um lugar de inclusão e promoção da qualidade de vida. Por isso, precisamos incluir as mulheres e promover um esporte que respeite a diversidade e seja plural”.

Além dos coordenadores de projetos da Sudesb, estiveram presentes na abertura da capacitação a chefa de Gabinete da Setre, Ângela Guimarães, o diretor da Sudesb, Elias Dourado, além de servidoras das secretarias envolvidas no projeto.