Publicado em 17/05/2019 às 16h39.

Donos de veículos de placas com finais 1 e 2 devem pagar IPVA até este mês

Calendário com datas de vencimento já está disponível no site da Sefaz-BA

Redação
Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

 

Os contribuintes donos de veículos de placas com finais 1 e 2 devem ficar atentos para o prazo de vencimento para o pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), que será encerrado em maio.

Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-BA), os proprietários de automóveis com placas de finais 1 e 2 devem pagar até os dias 30 e 31 deste mês, respectivamente, a terceira cota, para quem parcelou o tributo, ou a cota única sem desconto.

Já os donos de veículos com placas 3 e 4 que dividiram o imposto em três vezes precisam quitar a segunda cota até 28 e 29 de maio, respectivamente. Por fim, esse também é o mês para pagamento do IPVA com 5% de desconto para os donos de automóveis de placas com finais 5 e 6.

Nesses casos, os pagamentos devem ser feitos até dia 28, placa 5; e dia 29, placa 6. Essas mesmas datas também são para pagamento da primeira cota, caso optem pelo parcelamento.

“Por serem os prazos finais para essas placas, caso percam as datas, esses contribuintes já serão considerados inadimplentes com o IPVA 2019”, explica o órgão.

A quitação do tributo referente a embarcações e aeronaves deverá ser feita até 31 de maio de 2019. Para efetuar o pagamento, o contribuinte deve dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, do Bradesco ou do Bancoob, com o número do Renavam em mãos.

Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2019.

No entanto, o proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes.

O calendário completo está disponível no site.

Foto: Divulgação/Sefaz-BA
Foto: Divulgação/Sefaz-BA
PUBLICIDADE