Publicado em 12/01/2018 às 18h40.

Índice de confiança do empresariado baiano continua em queda

Dados são da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, referentes ao mês de dezembro

Redação

 

O índice de confiança do empresariado baiano continua em queda, mas apresentou um quadro menor de pessimismo em dezembro de 2017, conforme o Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (ICEB), que avalia as expectativas das entidades representativas do setor produtivo do estado, calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

O ICEB marcou -60 pontos no mês, melhora de 28 pontos em relação ao registrado em novembro (-88 pontos). Após ligeiro aumento no mês anterior, o pessimismo voltou a cair em dezembro, atingindo o menor nível desde fevereiro de 2014 e recompondo o circuito de queda iniciado há mais de um ano. A expectativa geral do empresariado baiano continua na zona de Pessimismo Moderado – completando 16 meses seguidos nessa região.

A melhora do nível de confiança, captada na passagem de novembro a dezembro, evidenciou o progresso no indicador de três dos quatro grupamentos de atividades: Agropecuária (de -77 para 18 pontos), Serviços (de -145 para -116 pontos) e Comércio (de -35 para 34 pontos). Por outro lado, o setor de Indústria (de 33 para 5 pontos) diminuiu a confiança.

Do conjunto de itens avaliados, Crédito, PIB Estadual e PIB Nacional foram aqueles com as piores expectativas do empresariado baiano no mês. Em contrapartida, Inflação, Vendas e Capacidade Produtiva apresentaram os indicadores de confiança em melhor situação.