Publicado em 11/05/2018 às 15h40.

Líder do PCC é preso em São Paulo após voltar de Camaçari

Adriano Hilário dos Santos, 32 anos, estava foragido e foi preso após denúncia anônima de que desembarcaria em Guarulhos com posse de drogas

Redação
Divulgação
Divulgação

 

Um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), Adriano Hilário dos Santos, de 32 anos, foi preso na noite da última quinta-feira (10) no Aeroporto de Guarulhos em São Paulo, após voltar de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS).

A polícia chegou até Adriano após uma denúncia anônima que informou que um homem identificado como Frank dos Santos Cavalcante, desembarcaria em São Paulo em posse de drogas. Após ser abordado por agentes do aeroporto e ser conduzido para a 3ª Delegacia do Aeroporto (Deatur), a Polícia Civil descobriu através de pesquisa no banco de dados que se tratava de Adriano.

Adriano havia sido preso por assalto a uma joalheria e estava em regime semiaberto. Em 2017, ele saiu do Centro de Detenção Provisória de Valparaíso (SP) e não retornou. A polícia investiga agora se Adriano estava na Bahia em reunião com outras lideranças do PCC.