Publicado em 16/04/2018 às 15h20.

Polícia Civil identifica homem que cometia crimes na internet

A conta na rede social estava sendo utilizada há três anos, para práticas de crimes contra diversas pessoas da cidade de Barreiras

Redação
Reprodução: Divulgação
Reprodução: Divulgação

 

O Serviço de Investigação (SI) da 11ª Coordenadora Regional de Polícia do interior (Coorpin), de Barreiras, identificou, após três meses de trabalho investigativo, responsável por uma série de crimes na internet através de um perfil falso nas redes sociais.

A conta na rede social estava sendo utilizada há três anos, para práticas de crimes contra diversas pessoas da cidade de Barreiras, principalmente agentes públicos.

De acordo com o delegado Filipe Madureira, responsável pela investigação, a SI conseguiu chegar a Fábio Araújo Novais após denúncias registradas pelas vítimas. “Chegamos ao autor dos delitos pelo cruzamento de dados das linhas telefônicas vinculadas ao perfil falso”, explicou o delegado.

Durante o interrogatório, Fábio assumiu ser o responsável pelas linhas telefônicas, mas negou acessar o perfil. O rapaz será indiciado pelos crimes de calúnia, difamação e injúria. O delegado ainda esclarece que os crimes cometidos por meio da internet podem ser solucionados. “Há mecanismos legais atuais que permitem e facilitam o trabalho dos investigadores, servindo também de alerta para aqueles que pensam em se esconder por um perfil falso, visando a impunidade”, comentou Filipe.