Publicado em 16/11/2017 às 12h00.

Prefeitura de Lauro acusa Salvador de invasão de terreno

A área está no território alvo de conflito entre as administrações

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A novela da disputa territorial entre Salvador e Lauro de Freitas ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (15). Segundo a prefeitura da cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS), prepostos da gestão da capital “invadiram” um terreno em que é construída uma praça.

Moradores, segundo a prefeitura de Lauro de Freitas, relataram a ação truculenta dos agentes, que estavam fortemente armados. “Eles chegaram aqui retirando tudo como se fossem donos”, contou Deusdete Teixeira. Assim como a dona de casa, Uilson Viana presenciou a ação. “Aqui não é Salvador, estamos em Lauro de Freitas! Com que direito ACM Neto faz isso?”, indagou.

O secretário de Infraestrutura, Vidigal Cafezeiro, relatou que a comunidade acionou o órgão repudiando o ocorrido. “A comunidade está atenta e já se posicionou a favor de seus sentimentos de pertencimento. O povo se reconhece parte integrante de Lauro de Freitas”, disse.

A área está no território alvo de conflito entre as administrações. No início deste mês o prefeito da capital anunciou que daria Ordem de Serviço para a construção de uma praça no local, e agentes chegaram a invadir a área onde depositaram areia e blocos de cimento.

PUBLICIDADE