Publicado em 10/11/2015 às 18h49.

Protesto de caminhoneiros congestiona BR-324

Protesto em adesão à mobilização nacional da categoria contou com a participação de 20 caminhoneiros, segundo a PRF

Fernando Valverde
Caminhões provocaram retenção no trânsito.Foto: Raquel Lacerda
Caminhões provocaram retenção no trânsito Foto: Raquel Lacerda (via WhatsApp)

 

Na tarde desta terça-feira (10), em adesão ao movimento nacional da categoria, um grupo de 20 caminhoneiros  congestionou parcialmente a BR-324. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes saíram da região de Águas Claras, em Salvador, na direção de Simões Filho. Depois, fizeram o retorno e seguiram em direção à Via Expressa Baía de Todos os Santos, que liga a rodovia ao Porto de Salvador.

Coordenada pelo Comando Nacional de Transporte, a manifestação começou por volta das 14h30 e foi encerrada às 18h, com a chegada ao porto de Salvador. Viaturas da PRF acompanharam todo percurso e o órgão confirma que pelo menos 20 caminhoneiros participaram do ato.

O protesto foi realizado em adesão à mobilização nacional da categoria, que pede aumento do valor do frete, reclama da alta de impostos e elevação nos preços de combustíveis, entre outras questões.

Manifestações – Na última segunda-feira (9), os manifestantes ocuparam as duas faixas do Km 230 da BR-497, próximo ao município de Capim Grosso e a ponte que liga Juazeiro e Petrolina no norte do Estado. De acordo com o Movimento, houve adesão em outros estados como São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, no Tocantins, Paraná, em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e em Pernambuco.