Publicado em 20/08/2018 às 22h20.

Sarampo e polio: a 11 dias do fim, nem metade das crianças foram vacinadas

Meta é de 95%, mas até agora apenas 43% do público-alvo recebeu a imunização

Redação
Foto: Bruno Concha/Secom
Foto: Bruno Concha/Secom

 

Faltando apenas 11 dias para o encerramento da campanha nacional de vacinação contra sarampo e poliomielite, apenas 43,79% das crianças, que são o público alvo, foram imunizadas na Bahia, segundo dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Todas as crianças de 1 a 4 anos e 11 meses devem se vacinar. A campanha começou dia 6 e acaba dia 31. De acordo com informações do Correio, 370.991 crianças foram imunizadas contra polio e 372.501 contra o sarampo, dando total de 743.492 mil crianças.

A população alvo a ser vacinada para polio e sarampo na Bahia é de 849.361 mil para cada vacina e a Sesab tem como meta chegar a 95% dessa população. O sábado (18) foi o Dia D de Mobilização Nacional, com 417 municípios participando da ação, com postos abertos em locais estratégicos. Nesta campanha, o Ministério da Saúde enviou 2,1 milhão de doses das duas vacinas para o estado.

Salvador – Em Salvador, a campanha imunizou cerca de 27 mil crianças – número que corresponde a aproximadamente 20% do público-alvo residente no município. Até o dia 31 de agosto, 125 salas de vacina da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estarão disponibilizando as doses, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. A meta em Salvador é proteger pelo menos 95% das 134 mil crianças, seguindo determinação do Ministério da Saúde. Veja aqui onde se vacinar.

 A Bahia registrou seu último caso de poliomielite em 1989, em Irecê. Também não há registro de sarampo desde 1999. Em 2011, houve um caso importado de uma criança francesa que visitava Porto Seguro. “Não devemos relaxar, pois estão acontecendo casos de sarampo em outros estados, então precisamos ficar alertas para que nossas crianças não fiquem doentes”, afirma o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que participou do Dia D de Mobilização Nacional, em Lauro de Freitas.