Publicado em 15/01/2018 às 21h40.

Treinador de futebol é morto a facadas após campeonato

Família diz que vítima tentava separar uma briga, mas polícia afirma que homem era um dos envolvidos no desentendimento

Rayllanna Lima
Foto: Google Maps
Foto: Google Maps

 

Um campeonato amador realizado em Itabuna, sul da Bahia, terminou em morte. O treinador de futebol, Alexandre Alves Santana, de 41 anos, foi morto a facadas durante uma briga que ocorreu após o evento, na noite de domingo (14).

A vítima foi atacada enquanto tentava separar dois rapazes que estavam brigando no campo, conforme explica sua família. Contudo, de acordo com a Polícia Civil, Alexandre, conhecido por todos como Amaral, era um dos envolvidos na discussão.

Além dele, outro homem ficou ferido e foi levado para o Hospital de Base de Itabuna. Após receber atendimento, a vítima foi liberada. O corpo do treinador foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna e enterrado no Cemitério Campo Santo da cidade, na tarde desta segunda-feira (15).

Conforme a polícia, o crime aconteceu no cruzamento entre as Ruas Rio Branco e da Glória, no bairro Califórnia, e o suspeito de ter cometido o assassinato já foi identificado.