Publicado em 21/03/2019 às 16h58.

Uneb: professores entram em estado de greve e decidem paralisar as atividades

Paralisação foi marcada para sexta-feira (20) e docentes podem decretar greve por tempo indeterminado a partir de qualquer momento

Redação
Foto: Divulgação/Uneb
Foto: Divulgação/Uneb

 

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (21), os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) decretaram estado de greve. Também foi agendada para sexta-feira (22) a paralisação das atividades acadêmicas.

Por meio de nota enviada à imprensa, a instituição explicou que poderá deflagrar greve por tempo indeterminado a partir de qualquer momento. “A decisão é necessária devido às constantes medidas do governo Rui Costa, que têm prejudicado os docentes e as universidades públicas estaduais da Bahia”, diz o comunicado.

Agora são duas unidades em estado de greve. Além da Uneb, a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) compartilha do mesmo status desde o dia 13 de março.

Outras duas assembleias ocorrem esta tarde entre os professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uneb) para votar a mesma pauta.

PUBLICIDADE

Mais notícias