Publicado em 16/05/2018 às 10h18.

Caso Marielle: ex-PM deve prestar depoimento à polícia nesta quarta

O miliciano Orlando Oliveira, conhecido como Orlando Curicica, é apontado por uma testemunha como um dos envolvidos na morte da vereadora

Redação
Foto: Reprodução/ Youtube
Foto: Reprodução/ Youtube

 

Apontado por uma testemunha como um dos envolvidos na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, no Rio de Janeiro, o ex-policial militar e miliciano Orlando Oliveira, conhecido como Orlando Curicica, deve prestar depoimento nesta quarta-feira (16), segundo o G1.

O advogado do ex-PM afirmou que representantes do Ministério Público do Rio (MP-RJ) e policiais civis irão a Bangu 1, onde Orlando está preso, para ouvi-lo sobre o caso.

De acordo com o defensor, que solicitou a transferência do cliente para outra unidade prisional, o miliciano teria sofrido uma tentativa de envenenamento.

No início da semana, a Justiça determinou que ele seja levado para um presídio de segurança máxima. Além de Orlando, o vereador Marcelo Siciliano (PHS) também foi apontado pelo delator como um dos mandantes do crime.