Publicado em 16/04/2018 às 16h40.

Freixo se chateia após SSP-RJ pedir que PMs sejam devolvidos da Alerj

Deputado recebe ameaças desde 2008, quando presidiu a CPI das Milícias

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O deputado estadual carioca, Marcelo Freixo (PSOL), não recebeu bem a notícia de que a Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro irá retirar os policiais militares cedidos à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Desde 2008, Freixo anda com policiais militares ao lado por ter presidido a CPI das Milícias.

“Entrei em contato com o secretário, vou ao seu encontro daqui a pouco e tenho certeza que o bom senso vai prevalecer, porque não é possível que, diante desse momento, dessa situação , a gente tenha que parar para resolver isto”, disse.

“Não me cabe questionar quem deve ou não ter segurança, mas eu adoraria viver sem seguranças, adoraria ter minha vida normal regularizada. Mas não é o caso neste momento. Me parece muito óbvio que o bom senso tem que ser restabelecido”, completou.

A CPI das Milícias foi responsável por pedir o indiciamento de 225 políticos, policiais, agentes penitenciários, bombeiros e civis. Na ocasião foram apresentadas 58 propostas concretas para enfrentamento das milícias.

Mais notícias