Publicado em 06/12/2017 às 20h20.

Movimento sem-teto ocupa Secretaria de Habitação de São Paulo

O grupo reivindica que o Estado desocupe um terreno em São Bernardo do Campo onde vivem 7 mil famílias

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Cerca de cem militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) ocuparam a sede da Secretaria Estadual de Habitação de São Paulo, no centro da capital paulista, na tarde desta quarta-feira (6).

Os militantes entraram no prédio público correndo e permanecem no saguão. Os funcionários não foram impedidos de trabalhar, segundo o movimento.

A ação se deu como reivindicação relacionada à ocupação do MTST em São Bernardo do Campo, onde alega-se que vivem cerca de 7 mil famílias. Em outubro, foi feita uma caminhada de mais de 20 km para pressionar o governo do Estado de São Paulo a desapropriar a área, que pertence a uma construtora.

Na ocasião, o governo anunciou que havia se comprometido a “negociar novos empreendimentos habitacionais” em São Paulo – o que foi considerado um avanço pelo MTST. No entanto, os manifestantes dizem que não vão deixar o prédio da secretaria até terem algum avanço na negociação como garantia.

PUBLICIDADE