Publicado em 15/04/2019 às 13h48.

Servidor da Câmara de Vereadores de Maceió é preso acusado de estupros em série

Segundo a polícia, 19 crimes são apurados contra o servidor; nove deles estariam confirmados

Redação
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

 

Um servidor da Câmara Municipal de Vereadores de Maceió foi preso pela Polícia Civil nesta segunda-feira (15) suspeito de estuprar em série crianças e adolescentes entre 11 e 18 anos.

Segundo reportagem do site UOL, o servidor de 46 anos cometia os crimes dentro de uma casa que servia para atendimento à população no bairro do Farol. A polícia informou que 19 crimes estão sendo apurados contra o servidor. Nove deles estariam confirmados.

“O modo de agir era abordar as vítimas com uma história de que a filha estava numa igreja e não sabia como chegar ao local. (Ele) insistia e até mesmo chorava para enganar a vítima, que se compadecia e entrava no carro. As que negavam, ele mostrava uma arma”, informou a polícia.

“Após entrar no veículo – um Corolla de cor prata -, na sua maioria, ele deitava a vítima no banco e cobria o rosto dela com um pano, e no percurso já começava os atos de violência sexual, bolinando as garotas. Sempre que chegava à casa, pedia para alguém abrir o portão, levava para um quarto próximo à garagem e fazia sempre violência de sexo vaginal, anal e oral. Depois dos atos, levava as vítimas para próximo do local onde anteriormente realizara a abordagem”, acrescentou.

A Câmara Municipal divulgou nota de repúdio aos crimes e informou a imediata demissão.

PUBLICIDADE