Publicado em 11/03/2018 às 17h30.

União gasta R$ 6,4 bilhões por ano com servidores de órgãos extintos

Levantamento aponta que remunerações continuam sendo pagas a 70.530 servidores

Redação
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

 

Um levantamento feito pelo Correio Braziliense neste domingo (11), revelou que a União possui um gasto de R$ 6,4 bilhões anuais com órgãos extintos pelo governo federal.

O valor é usado para a pagar as remunerações de 70.530 servidores civis e militares, aposentados, pensionistas e anistiados políticos, provenientes de órgãos públicos e territórios federais que não existem mais.

De acordo com o  Departamento de Órgãos Extintos (Depex), ligado ao Ministério do Planejamento, o número é superior a 10% do total de servidores na ativa, atualmente 633 mil.

A nível de exemplo, órgãos como a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que já foram extintos, continuam na folha de pagamento por conta de determinação legal relativa a remuneração dos servidores.