Publicado em 01/03/2017 às 15h25.

‘Não dá para o carnaval acontecer apenas em um circuito’, afirma Neto

Prefeito mostrou-se preocupado com concentração da folia no circuito Barra/Ondina e começou a traçar estratégias para o próximo ano

Redação
Foto: Max Haack/Ag Haack / bahia.ba
Foto: Max Haack/Ag Haack / bahia.ba

 

Durante a coletiva concedida nesta quarta-feira de cinzas(1), o prefeito ACM Neto (DEM) voltou a demonstrar preocupação com o que ele chamou de “esvaziamento” do Campo Grande. Comentando sobre os aspectos negativos da folia desse ano e as medidas que podem ser tomadas para equilibrar a festa entre os circuitos, Neto ponderou a possibilidade de levar as atrações sem cordas para o circuito Osmar.

“Entre os aspectos negativos, temos uma certa concentração demasiada do desejo do folião pelo circuito Barra-Ondina. E isso tem a ver com as atrações que circulam em um ou em outro circuito. Não dá pro carnaval acontecer apenas em um circuito, porque aí é muita gente e acaba tendo pressão e desdobramentos no sistema de transporte, no fluxo de trânsito e etc”, ponderou.

Pensando no planejamento para reaquecer o tradicional circuito no próximo ano, o prefeito traçou possíveis estratégias. “Eu acho que a gente precisa já para o próximo ano, definir uma estratégia para fortalecer o circuito do Campo Grande, isso passa talvez por determinar que o número de atrações que desfilam sem corda, necessariamente desfilem aqui no Campo Grande, então somos ajustes que nós vamos fazer, desenhos que já começamos a discutir, para melhorar pro próximo ano”, finalizou.

Mais notícias