Publicado em 12/02/2018 às 23h20.

Familiar contesta informação de morte cerebral de jovem agredido

Segundo o A Tarde, a Secretaria de Saúde de Salvador havia confirmado nesta segunda-feira a morte cerebral de Kaique Abreu, de 22 anos

Redação

A família do jovem Kaique Abreu, de 22 anos, contestou a informação de sua morte cerebral, divulgada pela Secretaria de Saúde de Salvador (SMS) ao A Tarde.

Um familiar do rapaz informou à publicação que o jovem chegou a ficar em estado grave, mas já se recupera no Hospital Português, na Barra.

Kaique foi hospitalizado depois de ser agredido na última sexta-feira (9), no bairro da Graça, perto do circuito Dodô (Barra-Ondina).

A Polícia Civil informou que a família conseguiu imagens do momento da agressão. O caso é investigado pela 14ª Delegacia de Polícia (DP) da Barra.