Publicado em 13/02/2018 às 20h07.

Limpurb recolhe 14% mais lixo na folia deste ano do que em 2017

A empresa já recolheu 1.253 toneladas de resíduos nos três circuitos da folia: Osmar (Campo Grande), Dodô (Barra-Ondina) e Batatinha (Pelourinho)

Redação

 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) já recolheu 1.253 toneladas de resíduos nos três circuitos da folia: Osmar (Campo Grande), Dodô (Barra-Ondina) e Batatinha (Pelourinho), da última quarta (7) até a segunda-feira de Carnaval (12), o que significa um aumento de 14,11 % em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram retiradas das ruas 1.098 toneladas.

De acordo com dados da Limpurb, o circuito que mais gera resíduos é o Dodô. Já nos bairros onde ocorrem a festa, o acumulado é de 124,64 toneladas. Ao todo, foram 1.377,10 mil toneladas de resíduos recolhidos, incluindo o volume coletado nos bairros que recebem eventos relacionados ao Carnaval.

“O aumento no volume de resíduos gerados é reflexo do sucesso do Carnaval. Temos mais gente na rua e, consequentemente, temos mais produção de resíduos. Começamos por volta das 3h após cada noite de festa, e no início da manhã tudo já está limpo para mais um dia de folia”, explica o presidente da Limpurb, Kaio Moraes.

Durante o Carnaval, a Limpurb trabalhou nos circuitos da folia e nos bairros onde acontece a festa com 3.065 colaboradores e 212 equipamentos. Foram instalados 2.998 sanitários químicos e 72 contêineres climatizados (com 555 posições), além de serviços de varrição, coleta, lavagem de vias,  logradouros,  e limpeza e manutenção dos sanitários.