Publicado em 06/03/2019 às 15h40.

Número de acidentes de trânsito cai na folia de Salvador

Este ano foram sete acidentes sem vítimas fatais, dos quais uma pessoa ficou ferida

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) registrou uma redução de 77,5% nas ocorrências de acidentes no terceiro dia oficial de festa, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Este ano foram sete acidentes sem vítimas fatais, dos quais uma pessoa ficou ferida. Ano passado foram 31, com 13 pessoas feridas e sem vítimas fatais.

“Essa queda na ocorrência de acidentes nos revela que a população está colaborando com a nossa operação especial e se comportando de maneira mais responsável. Nossa missão aqui na Transalvador é sempre garantir um trânsito mais seguro todos”, comemora Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador.

Nas vias em volta dos circuitos, 361 agentes atuavam para preservar vidas e garantir a fluidez do tráfego. Sessenta e dois monitores também trabalharam na tarefa de garantir a ordem no trânsito.

Fiscalização

Foram registradas 1.149 autuações e 88 veículos tiveram de ser removidos no terceiro dia de festa. Na faixa exclusiva para ônibus e táxis, localizada na Av. Centenário, 87 veículos foram notificados por hora por transitar irregularmente, o que dá um total de 1.127 autuações.

Lei Seca

Pouco mais de 460 condutores foram abordados nas blitze de Lei Seca no sábado. Destes, 45 foram autuados pelo consumo de bebidas alcoólicas antes de dirigir, e 42 por outras infrações. Os agentes recolheram 35 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 15 veículos foram removidos aos pátios da autarquia.

Uma pessoa foi pega cometendo crime de trânsito por ter consumido nível maior ou igual a 0,34mg/l de álcool. Esse condutor foi encaminhado à delegacia e apresentado às autoridades policiais para que sejam adotadas as devidas providências legais.

Durante abordagem educativa da Lei Seca, 618 motoristas profissionais passaram pelo teste de alcoolemia, entre taxistas, motoristas de ônibus, mototaxistas e motoristas da Prefeitura. Nenhum foi flagrado com teor alcoólico no sangue.

Estacionamentos

Cerca de 1.720 foram à festa com os veículos e deixaram estacionados numa das mais de 2.890 vagas disponibilizadas pela Transalvador.