Publicado em 29/04/2016 às 16h00.

Brasil e Peru assinam acordo de livre comércio no setor automotivo

A partir de agora, os dois países poderão vender veículos leves e picapes sem pagamento de Imposto de Importação

Agência Estado
veículos
Imagem ilustrativa (Foto: Site Sindicato dos Aposentados

 

Brasil e Peru assinaram nesta sexta-feira (29) um acordo de livre comércio no setor automotivo. A partir de agora, os dois países poderão vender veículos leves e picapes sem pagamento de Imposto de Importação. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, afirmou ao Broadcast (serviço de notícias em tempo real da Agência Estado) que as exportações brasileiras para o Peru devem saltar de 4 mil unidades por ano para 30 mil “em um prazo relativamente curto”.

Segundo ele, que está em Lima, em missão oficial, o acordo dará isonomia de mercado para as empresas brasileiras competirem com o México e Coreia que já têm acordos de livre comércio e ocupam entre 15% e 20% do mercado peruano. Monteiro lembrou que o Brasil também assinou recentemente um acordo automotivo com a Colômbia, com cotas anuais, mas que também ajudará a incrementar as vendas brasileiras na região. Ele acredita que o volume pode chegar a 100 mil unidades para Colômbia e Peru nos próximos anos.