Publicado em 05/01/2018 às 21h40.

Depósitos superam saques na poupança em R$ 17,12 bilhões

A entrada líquida de recursos na caderneta de poupança aconteceu justamente em ano de liberação dos saques das contas inativas do FGTS

Redação
Foto: Divulgação Ministério do Trabalho
Foto: Divulgação Ministério do Trabalho

 

A caderneta de poupança voltou a atrair investimentos em 2017, após dois anos de retiradas líquidas de recursos. Segundo divulgado pelo Banco Central nesta sexta-feira (5), no ano passado, os depósitos superaram as retiradas em R$ 17,12 bilhões.

Em 2015 e 2016, houve a saída líquida de recursos (saques acima de depósitos) de R$ 53,56 bilhões e R$ 40,7 bilhões, respectivamente.

A entrada líquida de recursos na caderneta de poupança aconteceu justamente em ano de liberação dos saques das contas inativas do FGTS – que injetou R$ 44 bilhões na economia no ano passado.