Publicado em 16/04/2018 às 16h20.

Gasto do governo com pessoal em 2017 é o maior desde a criação da LRF

Os gastos deste tipo totalizaram no ano passado 41,8% da chamada Receita Corrente Líquida (RCL)

Redação

Os gastos do governo com pessoal totalizaram no ano passado 41,8% da chamada Receita Corrente Líquida (RCL), que é a soma das receitas tributárias, descontados os valores das transferências constitucionais, segundo dados do Ministério do Planejamento.

Este é o maior percentual mais alto de custos com pessoal desde a criação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em 2000.

Para efeitos de comparação, em 2012 este gasto representou 30% da RCL. A LRF determina que a União não pode gastar mais de 50% da Receita Corrente Líquida com pessoal.