Publicado em 03/01/2017 às 11h26.

Parque eólico no sudoeste baiano será vendido por R$ 700 milhões

Entre os interessados no negócio estariam a americana AES, que administra a Eletropaulo, além de fundos de investimento e grupos chineses

Redação
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

 

Em crise desde o ano passado por causa de uma parceria frustrada com a americana SunEdison, que entrou em recuperação judicial em abril, a Renova Energia negocia a venda do parque eólico Alto Sertão II, de 386 megawatts (MW) de potência, localizado entre os municípios de Caetité, Guanambi, Igaporã e Pindaí, no sudoeste baiano, para reforçar o caixa.

O negócio em andamento envolve cifras de mais R$ 700 milhões. Caso seja concluída a transação, a Renova vai usar o dinheiro para reduzir a alavancagem da empresa, cuja dívida soma R$ 1,6 bilhão, bem como concluir a obra do parque Alto Sertão III, também na Bahia.

Entre os interessados estão a americana AES, que administra a distribuidora Eletropaulo, fundos de investimentos e grupos chineses. A expectativa é de que a venda seja concluída nas próximas semanas. A notícia sobre a expectativa de comercialização do ativo fez as ações da companhia dispararem nesta segunda-feira (2).