Publicado em 09/11/2018 às 13h40.

Produção industrial da Bahia cai em setembro, segundo IBGE

Setor registrou queda 3,3% em relação ao mês de agosto

Redação
Foto: Arquivo/ Agência Brasil
Foto: Arquivo/ Agência Brasil

A produção industrial da Bahia, descontados os efeitos sazonais, voltou a cair (-3,3%) no mês de setembro, após ter registrado três meses consecutivos de alta. De acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a indústria baiana apresentou o 3º maior recuo entre os 15 locais pesquisados, ficando acima apenas de São Paulo (-3,9%) e Amazonas (-5,2%).

Ainda segundo o IBGE, o  desempenho também foi pior que a média nacional (-1,8%) e acompanhou o movimento de queda registrado em sete áreas. Nessa comparação, os melhores resultados da indústria foram registrados no Ceará (3,7%), Pará (3,5%) e em Pernambuco (1,7%).

Na comparação com setembro de 2017, a produção industrial baiana também caiu (-2,6%). Na Bahia, o setor teve desempenho pior que a média nacional (-2,0%) e acompanhou o movimento de retração verificado em 7 dos 15 locais pesquisados.

Mesmo com os resultados negativos de setembro, a produção industrial na Bahia ainda acumula uma ligeira alta em 2018 (0,2%), embora bem abaixo a média nacional (1,9%) e o menor crescimento entre os locais pesquisados.

Veículos  e alimentos
Os principais impactos negativos para a indústria do estado vieram justamente dos setores que mais haviam puxado para cima a produção em agosto: veículos automotores, reboques e carrocerias (-12,7%), com quedas em todos os produtos, inclusive os automóveis; e produtos alimentícios (-11,2%), com influência da menor fabricação de açúcar cristal e de produtos à base de soja.seletivo.

Temas: Indústria