Publicado em 13/06/2019 às 10h33.

Setor de serviços da Bahia cresceu 0,5% de março para abril

Na comparação com o mesmo período de 2018, o volume dos serviços baianos também apresentou variação positiva em abril

Redação
Foto: EBC
Foto: EBC

 

O volume do setor de serviços na Bahia teve variação positiva em abril (0,5%), frente a março, na série com ajuste sazonal, após dois recuos seguidos nessa comparação (-0,6% de janeiro para fevereiro e -2,2% de fevereiro para março).

O resultado ficou um pouco acima da média nacional (0,3%), num mês em que os serviços mostraram-se positivos em 19 dos dos 27 estados. Frente a março, o setor de serviços cresceu mais no Rio Grande do Sul (5,4%), Maranhão (4,3%) e Pará (3,3%). Por outro lado, Rondônia (-1,4%), Roraima (-1,9%) e Tocantins (-7,1%) apresentaram as maiores quedas.

Na comparação com o mesmo período de 2018, o volume dos serviços baianos também apresentou variação positiva em abril (0,1%). Apesar de bastante discreta, foi o melhor resultado para o mês, nesse confronto, desde abril de 2013, quando os serviços haviam crescido 9,9% no estado.

O desempenho da Bahia na comparação com abril do ano passado também ficou acima da média nacional (-0,7%) e acompanhou o movimento de alta registrado em apenas 7 dos 27 estados, com destaques positivos para Amazonas (5,2%), Sergipe (3,0%) e São Paulo (2,3%).

Com esses resultados, o setor de serviços na Bahia manteve uma também leve variação positiva (0,2%) no acumulado no ano de 2019, frente ao mesmo período do ano anterior. O resultado continua aquém da média nacional (0,6%), embora seja o melhor acumulado nos quatro primeiros meses do ano desde 2014, quando esse indicador havia ficado em 1,6%.

Já no acumulado nos 12 meses encerrados em abril, os serviços seguem com resultado negativo na Bahia (-1,3%), embora mostrando pequena desaceleração no ritmo de queda em relação aos 12 meses encerrados em março (-1,7%). No país como um todo, os serviços têm variação positiva (0,4%) nessa comparação.

PUBLICIDADE