Publicado em 18/05/2017 às 13h40.

Temer antecipou queda da taxa Selic a Joesley, diz Folha

Empresário obteve informação privilegiada mais de um mês antes de o Copom divulgar a medida

Redação
Temer/Joesley (Foto: Blog do Magno)
Foto: Blog do Magno

 

O empresário Joesley Batista foi informado antecipadamente de que o Comitê de Política Monetária (Copom) cortaria a taxa de juros em 1 ponto porcentual. A informação privilegiada lhe foi passada diretamente pelo presidente Michel Temer, no dia 7 de março deste ano, e consta da delação premiada dos donos do frigorífico JBS, homologada nesta quinta-feira (18) pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, no âmbito do Supremo Tribunal Federal.

A redução da taxa Selic foi divulgada no dia 12 de abril, a primeira reunião do Copom após a conversa entre Temer e o empresário. Beneficiada pela informação, a JBS realizou operações vantajosas no mercado futuro de juros, segundo a Folhapress.

Foi também nesse encontro, que o presidente teria dado seu aval para que a JBS “comprasse” o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, mediante pagamento de propina.

Procurados pela reportagem da Folhapress, os assessores do presidente Michel Temer não retornaram as ligações.