Publicado em 30/10/2016 às 19h06.

PT termina eleição sem ganhar em nenhuma cidade do ABC

Tradicional reduto petista, pela primeira vez, não terá nenhum prefeito do partido; PSDB ganhou quatro dos sete municípios

André Ítalo Rocha / Estadão Conteúdo
Foto Bruno Kelly / Reuters
Foto Bruno Kelly / Reuters

 

Pela primeira vez em sua história, o PT terminou as eleições municipais sem vencer em nenhum dos sete municípios que compõem a região do ABC paulista, após a definição dos resultados em Santo André e Mauá, as únicas onde ainda havia alguma chance de vitória do partido.

Em Santo André, o petista Carlos Grana tentava a reeleição, mas perdeu para o tucano Paulo Serra. Grana teve apenas 20,33% dos votos válidos, contra 79,65% de Serra. Em Mauá, o prefeito Donisete Braga (PT) obteve 35,82% dos votos válidos e foi derrotado por Atila Jacomussi (PSB), que somou 64,18% dos votos válidos.

Agora, o PSDB é quem comanda a maioria das cidades do ABC (4 de 7). Uma delas é São Bernardo do Campo, reduto político do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lá, Orlando Morando teve 60,44% e venceu Alex Manente (PSB), com 39,56%. As outras duas são Rio Grande da Serra e São Caetano do Sul, ambas definidas em primeiro turno.

Em Diadema, onde o PT elegeu o primeiro prefeito da sua história (Gilson Menezes, em 1982), o candidato a reeleição, Lauro Michels (PV), conquistou mais quatro anos de mandato, com 57,7% dos votos válidos, derrotando o candidato Vaguinho, do PRB, com 42,3% dos votos válidos.

PUBLICIDADE

Mais notícias