Publicado em 08/08/2018 às 06h49.

Em campanha, Alckmin vai ressaltar que Temer chegou ao poder pelo PT

Para se livrar da associação com o emedebista, a equipe de planejamento do tucano estuda argumentar que ele só chegou à Presidência porque Lula o escolheu para vice de Dilma

Redação
Foto: Lula Marques/ Agência PT
Foto: Lula Marques/ Agência PT

 

A equipe de campanha do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, vai apostar na tese de que Michel Temer (MDB) chegou ao Palácio do Planalto ao se candidatar como vice de Dilma Rousseff (PT) em 2014. A proposta é de se distanciar das “medidas impopulares” capitaneadas pelo emedebista.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a estratégia visa contra-atacar possíveis investidas de petistas que deverão associar o tucano a Temer durante a corrida eleitoral.

Para se livrar do peso de ser vinculado ao atual governo, o núcleo estratégico da campanha de Alckmin estuda argumentar que o emedebista só chegou à Presidência porque o ex-presidente Lula (PT) o escolheu para vice de Dilma Rousseff.

Mais notícias