Publicado em 31/07/2018 às 19h06.

‘Falar de chapa de adversários é deselegante’, declara Rui Costa

O governador da Bahia e pré-candidato à reeleição afirmou nesta terça-feira que vai responder sobre as críticas dos adversários somente nos debates políticos

Rayllanna Lima

 

Foto: Manu Dias/GOVBA
Foto: Manu Dias/GOVBA

 

Governador da Bahia e pré-candidato à reeleição, Rui Costa (PT) continua mantendo a postura de não comentar publicamente sobre as críticas recebidas por parte de integrantes das chapas adversárias.

Na noite desta terça-feira (31), o petista declarou que só fará qualquer comentário sobre os concorrentes na corrida ao Palácio do Planalto durante os debates políticos.

“Não costumo falar de formação de chapa de adversários. Acho indelicado. É deselegante ficar comentando o time adversário. Prefiro chegar no momento do debate e debater conteúdos. Isso que interessa para a população, ouvir as propostas dos candidatos”, disse durante entrevista à rádio Itapoan FM.

Apesar de evitar rebater os adversários, Rui Costa criticou o ex-prefeito de Feira de Santana e também pré-candidato, Zé Ronaldo (DEM), que recentemente acusou o governador de ter inaugurado apenas obras iniciadas em gestões passadas.

“Ele foi, inclusive, em algumas inaugurações comigo. Quando não foi, pediu para a secretária dele estar presente. Inclusive em uma obrigação do município, que é cuidar da maternidade de sua cidade. Esperei que a prefeitura de Feira fizesse, mas não fizeram, então montei uma senhora maternidade no Hospital da criança. Só esse ano estamos aplicando R$ 36 milhões no parto de alta complexidade em Feira. Ia sair filho de Feira com certidão de Salvador. Mas, no debate, a gente vai esclarecendo isso”, destacou.

PUBLICIDADE

Mais notícias