Publicado em 14/09/2018 às 08h34.

Haddad deve mandar recado para mercado financeiro em entrevista ao JN

Aliados calculam que, se comunicar de maneira eficiente ao eleitor a indicação de Lula, ele poderá estar na disputa pela liderança nas pesquisas em até 15 dias

Redação
Foto: Ulisses Dumas/ Divulgação
Foto: Ulisses Dumas/ Divulgação

 

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, foi aconselhado a usar parte da entrevista ao Jornal Nacional, da Globo, nesta sexta (14), para fazer um aceno ao mercado financeiro.

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, auxiliares do petista dizem que ele deveria aproveitar o espaço para mostrar que não é um bicho-papão e disseminar o discurso de que, se eleito, haverá segurança jurídica e previsibilidade.

Ainda segundo a publicação, os principais aliados de Haddad calculam que, se comunicar de maneira eficiente ao eleitor a indicação de Lula, ele poderá estar na disputa pela liderança nas pesquisas em até 15 dias.