Publicado em 20/07/2018 às 07h15.

Lupi diz que PDT não sofre com preferência de Centrão por Alckmin

O perfil de franco atirador de Ciro Gomes, que não poupa figuras como o presidente Michel Temer (MDB) de duras críticas, provocou rachas internos nas siglas e comprometeu a aliança

Redação
Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil
Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil

 

O presidente nacional do PDT, ex-ministro Carlos Lupi, disse à coluna do Estadão que o partido não está sofrendo com os acenos dos partidos do Centrão a Geraldo Alckmin (PSDB), em detrimento de Ciro Gomes para a corrida ao Palácio do Planalto.

“Desejaríamos que viessem, mas, se não acontecer, não muda nada para nós. Não se perde o que não se tinha”, afirmou o pedetista.

Democratas, PP, PR, PRB e Solidariedade estiveram muito próximos de Ciro, mas o perfil de franco atirador do político nordestinos, que não poupa figuras como o presidente Michel Temer (MDB) de duras críticas,  provocou rachas internos nas siglas e comprometeu a aliança.

Mais notícias