Publicado em 07/08/2018 às 16h40.

Não compete ao homem decidir sobre aborto, diz Bolsonaro

Presidenciável contradiz entrevista em 2000 em que afirmou que “tem de ser uma decisão do casal”

Redação
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

 

O pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) afirmou em entrevista à Folha, na semana passada, que não compete ao homem a decisão sobre o aborto. A afirmação contradiz outra declaração do presidenciável, quando em entrevista que à revista “IstoÉ Gente”, em 2000, disse que “tem de ser uma decisão do casal”.

Bolsonaro afirmou por telefone, à repórter da Folha, que “não compete ao outro lado”, o do homem, dizer se a mulher deve ou não interromper uma gravidez. “Vamos supor que eu tenho um relacionamento contigo. Você quer o aborto.” Ele afirma, então, que caberia à jornalista definir o que fazer nesse caso.

Embora afirme que a mulher tem o poder da decisão, ele afirma que, como parlamentar, votaria contra descriminalizar o aborto. Ele diz ainda que, caso seja eleito presidente, vetaria uma lei pró-aborto eventualmente aprovada pelo Congresso. “Mas se o Congresso derrubar o veto, aí eu não posso fazer nada”, completa.