Publicado em 19/10/2018 às 14h20.

Sobrinho de Ustra doa R$ 1 mil para campanha de Bolsonaro

Falecido em 2015, o coronel é o único militar que participou da ditadura apontado oficialmente como torturador pela Justiça

Redação
Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo

 

Sobrinho do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o advogado tributarista Octavio Lopes Santos Teixeira Brilhante Ustra doou R$ 1 mil para a campanha do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), por meio de uma vaquinha virtual, informa a Folha de S. Paulo.

Falecido em 2015 sem ser condenado, Ustra é o único militar que participou da ditadura apontado oficialmente como torturador pela Justiça.

Entre 1970 a 1974, ele comandou o DOI (Destacamento de Operações de Informações) de São Paulo, conhecido como um dos órgãos mais duros da repressão política do regime.

Ao votar pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Bolsonaro enalteceu a memória do militar no microfone da tribuna.

Mais notícias