Publicado em 02/01/2019 às 13h31.

Advogada pede bloqueio do prêmio de Rafael Ilha em ‘A Fazenda’

A solicitação foi feita por uma ex-funcionária de uma clínica terapêutica que o ex-Polegar era sócio

Redação
Reprodução: TV Record
Reprodução: TV Record

 

Vencedor da 10ª edição de ‘A Fazenda’, Rafael Ilha vai demorar para colocar a mão no prêmio de R$ 1 milhão. Isso porque a Justiça pediu o bloqueio parcial do valor recebido pelo ex-Polegar.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, uma advogada trabalhista abriu uma petição em dezembro do ano passado na Justiça de São Paulo solicitando que parte do montante recebido por Ilha fosse utilizado para indenizar uma ex-funcionária da Clínica Comunidade Terapêutica Ressurreição, que tinha o cantor como sócio.

A ação trabalhista foi aberta pela senhora em 2008 e corre na 38ª Vara do Trabalho na capital paulista. A decisão só poderá ser tomada após o recesso. Os advogados de Rafael Ilha não comentaram o caso.