Publicado em 23/08/2018 às 12h40.

Avô de Demi Lovato quer que ela pare de cantar: ‘Antes que seja tarde’

Jamie De La Garza, pai do padrasto de Demi, deseja que a neta tenha uma "vida normal", depois da overdose sofrida em julho

Redação
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

 

Avô da cantora Demi Lovato, internada em julho após sofrer uma overdose que quase lhe tirou a vida, Jamie De La Garza quer que a cantora abandone a carreira de artista, para voltar a ter uma “vida normal”.

“Gostaria que a Demi deixasse a indústria e voltasse para cá (Irving, no Texas) antes que seja tarde demais. Hollywood não é mais do que uma bagunça horrorosa!”, afirmou Jamie, que diz estar “rezando” pela neta.

Jamie, que na verdade é pai do padrasto de Demi, com quem a sua mãe teve um filho, contou que só soube da overdose pela imprensa: “Fiquei acabado. Mas esta é a única maneira que consigo acompanhar o que está acontecendo. A família me liga, mas todos dizem que a Demi está bem”, explicou.