Publicado em 09/11/2018 às 09h18.

Bruna Linzmeyer fala sobre homofobia: ‘Só tenho medo de ter medo’

A atriz trocou beijos com a namorada em festa da novela "O Sétimo Guardião", próxima novela das 21h, e disse não ligar para julgamentos

Redação
Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

 

Acompanhada da namorada, a atriz Bruna Linzmeyer foi à festa da próxima novela das 21h, “O Sétimo Guardião”. Além de posar para fotos e trocar beijos com Priscila Fiszamna, com quem está junto desde 2006, ela revelou não se intimidar com a julgamentos e homofobia. Quanto ao futuro, Bruna resume que tem “medo de ter medo”.

“Eu só tenho medo de ter medo. Eu só mostro o que eu quero mostrar. O que é realmente privado, íntimo, continua privado, íntimo. Essa resposta se estende para minha família, para a Priscila e para todo mundo. Minha vida continua razoavelmente igual. Quanto mais eu conto para o mundo o que eu quero, mas o mundo me devolve coisas que eu quero”, analisa.

Com papel garantido em dois filmes, “O que resta”, de Fernando Teixeira, e o aguardado “Circo Místico”, em que interpreta uma contorcionista, ela comemora o fato de que não ficou estereotipada.

“Em vários estereótipos que as pessoas tentam colocar a gente. E isso acontece também no trabalho. E isso é um desafio para todos nós enquanto atores e atrizes brincar com coisas diferentes. De sair do lugar comum”, pondera.