Publicado em 18/08/2017 às 19h20.

Caetano sai em defesa de música ‘machista’ de Chico Buarque

O artista escreveu que "ficou tomado" após ouvir a canção do amigo, alvo de críticas desde que lançou "Tua Cantiga"

Redação
Foco: Reprodução/Odiluculo
Foco: Reprodução/Odiluculo

 

Onde alguns apontaram machismo, Caetano Veloso ouviu “rimas que mexem fundo”: contrário à corrente de críticas à nova música de Chico Buarque, “Tua Cantiga”, o santo-amarense declarou, nesta sexta-feira (18), que “ficou tomado” após ouvir a canção.

A música, que integra o álbum “Cantiga”, a ser lançado no dia 25 de agosto, foi alvo de protestos desde que foi divulgada antecipadamente, no dia 28 de julho. Grupos feministas acusaram-na de machismo, sobretudo no trecho “Quando teu coração suplicar/Ou quando teu capricho exigir/Largo mulher e filhos e de joelhos vou te seguir”.

A Caetano coube se afastar da polêmica e analisar tecnicamente a faixa. “O ritmo de lento afoxé sob essas formas verbais aprofunda a sensação de velha brasilidade que só se supunha morta porque fazia tempo que Chico não vinha com uma música”, escreveu o artista em sua página oficial no Facebook.