Publicado em 09/01/2017 às 09h53.

Correio ‘mata’ João Gilberto e vira chacota nas redes sociais

A nota do show "Moraes Violão Moreira", inspirado em JG, traz a data de falecimento do cantor de Juazeiro: 1971!

James Martins
Foto: Reprodução do Facebook
Foto: Reprodução do Facebook

 

Como nada escapa aos olhos atentos dos internautas, um erro grosseiro do jornal Correio virou motivo de riso no Facebook. A nota que anunciava o show “Moraes Violão Moreira”, realizado neste final de semana (sexta, 6, e sábado, 7) diz que o espetáculo é “inspirado nos ensinamentos de João Gilberto”. E traz, entre parênteses, os anos de nascimento e morte do “bruxo de Juazeiro”: (1931 – 1971). O ano do nascimento está correto. Agora, de onde saiu a data da morte do vivíssimo João, isso ninguém sabe.

Postada no Facebook, a foto da notícia, como não poderia deixar de ser, virou graça. “Rsssss. O estagiário se deu mal”, comentou o músico Manno Góes. “Sempre achei que esse que se diz João Gilberto fosse um ET”, brincou outro internauta. E outro ainda: “Moraes Moreira só aprendeu até 71”.

Desde 1971, João lançou seis álbuns de estúdio, sete ao vivo, e fez cinco participações com outros artistas, conforme lembra outro usuário do Facebook. Sem falar que em 2004, aos 72 anos, João ganhou mais uma filha: Luiza Carolina, com Cláudia Faissol.

PUBLICIDADE