Publicado em 11/04/2019 às 17h05.

Humoristas saem em defesa de Danilo Gentili contra condenação

O apresentador do 'The Noite' foi condenado a seis meses e 28 dias de prisão em regime semi aberto por injúria à deputada federal Maria do Rosário

Bianca Andrade
Foto: Twitter/ Arquivo Pessoal
Foto: Twitter/ Arquivo Pessoal

 

A condenação de Danilo Gentili a seis meses e 28 dias de prisão em regime semi aberto por injúria à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) movimentou o mundo do humor.

Nomes da comédia saíram em defesa do apresentador do ‘The Noite’ e criticaram a decisão da juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, em prender o humorista devido as ofensas feitas pelo artista em 2016 e pela reação de Danilo ao esfregar a notificação extrajudicial de um processo movido por Maria do Rosário, nas partes íntimas.

Nomes como Fábio Porchat, Marcelo Tas, ex-colega de trabalho de Gentili, Dani Calabresa, Tom Cavalcante, Whinderson Nunes e Maurício Meirelles, consideraram a situação uma censura ao humor.

Até mesmo Gregório Duviver, conhecido por seu posicionamento de esquerda, se posicionou a favor do humorista, pedindo a não prisão de Danilo.

Gentili ainda ganhou o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que foi duramente criticado nas redes sociais por não se posicionar sobre a enchente no Rio de Janeiro e a morte do músico com 80 tiros do Exército.

PUBLICIDADE