Publicado em 15/04/2019 às 14h10. Atualizado em 16/04/2019 às 13h10.

Piloto que transportou de Cláudia Leitte é preso por voo clandestino

Ernani Luiz Assis Figueiredo Campos foi detido no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, por agentes da Polícia Federal

Redação
Foto: Gshow
Foto: Gshow

 

Claudia Leitte foi surpreendida ao desembarcar no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, no último final de semana, por uma visita não tão agradável da Polícia Federal devido a um problema em seu voo.

As informações são da coluna Radar, da Revista Veja.

De acordo com a publicação, o piloto da aeronave que transportava a baiana, Ernani Luiz Assis Figueiredo Campos, foi detido por realizar táxi-aéreo clandestino.

A jurada do The Voice Kids, grávida de 4 meses do terceiro filho, teria ficado em choque com a situação. Em nota enviada pela assessoria, a cantora afirma não ter nenhum vínculo com o piloto detido na operação e repudia o serviço clandestino.

“Sobre a nota publicada na última edição da revista Veja, na qual a publicação associa o nome de Claudia Leitte ao piloto Ernani Luiz Assis Figueiredo Campos, a assessoria de comunicação da cantora esclarece que a artista não possui qualquer relação com o piloto citado na nota e não compactua com qualquer irregularidade que a empresa tenha cometido”.

Esta não é a primeira vez que a artista passa por essa situação. Em outubro de 2018 a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) encontrou irregularidades em uma aeronave que tinha Claudia Leite entre os passageiros.

PUBLICIDADE