Publicado em 08/11/2018 às 13h40.

Polícia encontra drogas após cumprir mandado na produtora de MC Gui

Funkeiro se tornou um dos suspeitos das autoridades de participar de um esquema de fraudes envolvendo venda de veículos

Redação
Reprodução: Instagram/ Arquivo Pessoal
Reprodução: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

O nome de MC Gui voltou a estampar as manchetes, mas desta vez não tem nenhuma ligação com música e sim com escândalos.

A produtora do funkeiro, a RW, está sendo investigada por um suposto envolvimento em um esquema de fraude e venda de drogas. As informações são do site R7.

Segundo a publicação, após um mandato de busca e apreensão que aconteceu na última quarta (7), a polícia teria encontrado quilos de cocaína no local e um veículo Mercedes avaliado em R$ 800 mil.

O portal afirma que além do ex-astro teen, as autoridades de São Paulo irão indiciar o cantor MC Gabriel, o empresário Rogério Alves e outras 17 pessoas por suspeita de envolvimento no caso.

Toda investigação teria durado cerda de três meses segundo informações da 3ª Delegacia de Polinter (Polícia de Investigações Interestaduais).

A Delegacia aponta que o grupo era responsável por praticar golpes envolvendo leilões de carros. Estima-se que mais de 70 pessoas teriam sido vítimas das ações do grupo que consistia em vender carros cadastrados em leilões online.

Até o momento não houve a prisão de ninguém ligado à família de MC Gui.