Publicado em 12/07/2019 às 09h56.

‘Tava indo comprar pamonha’, diz Felipe Araújo após ser flagrado dormindo em carro

Cantor garantiu que vai "correr atrás" parar tirar a carteira de habilitação; em vídeo publicado no Instagram, ele afirmou que pegou no sono devido ao cansaço

Redação
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram

 

O cantor Felipe Araújo se pronunciou após ser flagrado na manhã desta quinta-feira (11), dormindo no veículo que estava estacionado um local proibido em uma avenida movimentada de Goiânia (GO). À noite, o sertanejo publicou um vídeo no Instagram e deu explicações sobre a situação.

Depois da repercussão nas redes sociais, Felipe disse ter levado “na esportiva” as brincadeiras sobre o episódio. Ele confirmou que naquele momento estava indo “comprar pamonha” para a família, mas que pegou no sono pois ainda eram 8h e não tinha “dormido direito”.

“Estou levando essa parada toda na esportiva, a galera toda pegando no meu pé, fazendo graça. Eu estava de fato, mesmo, indo pegar pamonha. Eram 8 da manhã e eu não tinha dormido direito, enfim, tamo junto, passou, já foi, esquece”, disse o artista.

“Tadinha da minha mãe, fiquei com dó dela”, acrescentou Felipe Araújo, que disse que só chegou em casa às 14h.

Apesar do constrangimento, o sertanejo disse que toda a situação serviu como “aprendizado” e admitiu o “vacilo” de dirigir sem habilitação. Ele garantiu que vai “correr atrás” para tirar o documento, que não foi tirado até hoje “pela correria de shows”.Por fim, aconselhou que ninguém dirija sem habilitação ou com “sono”, que também “é muito perigoso”.

Inicialmente, de acordo com matéria publicada na Folha de S. Paulo, o carro que está em nome de uma empresa que Felipe é sócio, estaria com a documentação atrasada. No vídeo publicado nas Stories, o irmão do cantor falecido em 2015, Cristiano Araújo, diz que foi um equívoco da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), que alegou que o IPVA estaria atrasado desde 2015. No entanto, o veículo só foi comprado em 2017.

PUBLICIDADE