Publicado em 16/02/2017 às 16h39.

Ministro promete R$ 100 milhões para turismo na capital baiana

“Salvador será a primeira cidade do Brasil a ter recursos do Prodetur liberados”, assegurou Marx Beltrão, em entrevista exclusiva ao bahia.ba

Evilasio Junior
Foto: Roberto Castro/MTur
Foto: Roberto Castro/MTur

 

Em visita a Salvador, nesta quinta-feira (16), quando participou da cerimônia de lançamento do carnaval, pela prefeitura, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, concedeu entrevista exclusiva ao bahia.ba e falou sobre as principais questões do segmento na cidade.

Direto do restaurante do Yacht Club, onde almoçou com a comitiva liderada pelo advogado baiano Ciro Soares, ouvidor-geral da pasta, o representante do governo federal comentou o fato de a capital baiana perder o posto de segundo destino mais procurado no verão (está em 5º), o imbróglio que envolve o fechamento do Centro de Convenções e o atraso nas obras do Aeroporto Internacional.

Além disso, Beltrão disse que o município soteropolitano será o primeiro do país a ter as verbas do Prodetur liberadas, cerca de R$ 100 milhões, e projetou que a economia local terá movimentação de R$ 1,5 bilhão no período da folia, com cerca de 800 mil visitantes.

Confira a entrevista, dividida por tema, na íntegra:

Foto: Roberto Castro/MTur
Foto: Roberto Castro/MTur

Quinto destino

Nas viagens deste verão, Salvador é o quinto destino mais procurado, com cerca de 5 milhões de visitas, entre os cerca de 73 milhões de viagens que estão acontecendo neste verão. Esse número não é exato porque ainda vai finalizar o verão. Essa é a perspectiva, diante dos bilhetes comprados, conforme os nossos estudos. Do ponto de vista do governo federal, o que nós podemos fazer de imediato para ajudar a cidade é a promoção dos destinos, tanto em nível nacional como também internacional, pela Embratur [Empresa Brasileira de Turismo].

Centro de Convenções

O turismo de negócios é um dos segmentos mais fortes que acontecem em todo o mundo. Hoje, a cada dez pessoas que viajam em todo o mundo, cerca de três viajam a negócio. Ou seja, o Centro de Convenções é fundamental para o Estado da Bahia. Nós estamos fazendo os centros de convenções no Brasil em parceria com os governos estaduais, em Santa Catarina, no Rio Grande do Norte, em Sergipe e outros estados da Federação. Claro que, ao chegar aqui, ao ser perguntado se nós teríamos condições de ajudar, eu disse tanto ao prefeito [ACM Neto] quanto ao secretário estadual de Turismo [José Alves], que nós estamos dispostos a ajudar, desde que nós tenhamos um projeto que seja exequível, enxuto e que tenha viabilidade, para não acontecer o que já aconteceu no passado. Então, nós estamos dispostos. O secretário estadual falou que está desenhando um modelo para o Centro de Convenções e que, assim que estiver pronto, vai apresentar ao Ministério do Turismo, e nós vamos avaliar a possibilidade de poder ajudar.

Aeroporto Internacional

Os aeroportos são administrados pelo Ministério dos Transportes. A informação que eu tenho é que o Aeroporto Internacional de Salvador está no hall das privatizações do governo federal. A privatização do Aeroporto de Salvador está para acontecer ainda neste ano e alguns problemas que estavam acontecendo, como ar-condicionado que estava quebrado e escada rolante sem funcionar, entre outros, foi feita uma pressão política recentemente, por parte de membros da bancada federal. O deputado Lúcio [Vieira Lima, PMDB] me disse que cobrou isso, o próprio prefeito também disse que esteve lá no Ministério dos Transportes e na Infraero cobrando, o secretário estadual de Turismo também falou que o governador [Rui Costa] também fez essa cobrança. A informação que eu tenho é que essas obras já iniciaram e que todos esses problemas do aeroporto estão sendo consertados. Ele deve, ainda neste ano, ser colocado para concessão.

Verbas do Prodetur

Com relação ao Prodetur, a Prefeitura de Salvador tem vários projetos que estão feitos. Estão prontos, só aguardando a liberação do governo para que saia o recurso e várias obras de infraestrutura turística sejam feitas. Assim que assumi o ministério, eu fiz muita articulação junto ao ministro do Planejamento [interino, Dyogo Oliveira] para que os recursos do Prodetur fossem liberados em todo o país. Salvador será a primeira cidade do Brasil a ter os recursos do Prodetur liberados. Algo em torno de R$ 100 milhões. [O pedido] já está no Senado, o presidente [Michel] Temer já assinou e, logo em breve, a Prefeitura de Salvador vai poder dar ordens de serviço de vários equipamentos públicos, com relação ao turismo, aqui na cidade.

Carnaval de Salvador

Pela estimativa, são quase 800 mil turistas que virão para Salvador no carnaval, fomentando a economia da cidade em quase R$ 1,5 bilhão. Eu fiquei impressionado com a estrutura que Salvador monta para o carnaval. É uma das maiores festas do nosso Brasil e eu tenho certeza que será feita com muita maestria pela equipe da prefeitura. Nós esperamos que todos os turistas sejam bem tratados, e eu tenho certeza que serão. O baiano é um povo receptivo. Eu mesmo já vim à Bahia em várias cidades, inclusive em Salvador, e sempre fui muito bem tratado. Eu tenho certeza que o povo de Salvador sabe tratar bem o turista, sabe tratar bem a sua população, com respeito, com carinho. Espero que não haja nenhum tipo de violência, que todos possam chegar e sair de Salvador bem. E que respeitem também as crianças, os adolescentes e que denunciem todos os tipos de abuso, de exploração, através do Disque 100, e que possamos ter um carnaval de paz. Gostaria muito de vir, mas infelizmente, nesse carnaval, não tenho como vir. Quem sabe, ano que vem estarei por aqui.

PUBLICIDADE

Mais notícias