Publicado em 09/07/2017 às 17h52.

Bahia empata com Fluminense em casa e deixa Z-4

Com o placar, o Tricolor deixou a zona de rebaixamento e fechou a 12ª rodada do Brasileirão em 16º, com 12 pontos

Mateus Soares
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

 

Em jogo corrido, o Bahia empatou em 1 a 1 com o Fluminense, neste domingo (9), na Arena Fonte Nova. Com o placar, o Tricolor deixou a zona de rebaixamento e fechou a sua participação na 12ª rodada do Campeonato Brasileiro na 16ª posição na tabela do torneio, com 12 pontos.

Primeiro tempo – O jogo começou agitado. Aos 2 minutos, o volante Renê Júnior recebeu na entrada da área e arriscou o chute. O goleiro Júlio César foi nela, mas para a sua sorte, a bola foi para fora. Com mais posse dentro de campo, o Esquadrão ditou o ritmo no início da partida. Aos 4, após uma boa troca de passes, o time do técnico Jorginho conseguiu arrancar um escanteio depois de um chute do meia Zé Rafael, que desviou na defesa da equipe carioca.

Apesar do bom início dos anfitriões, foram os visitantes que balançaram as redes, aos 12 minutos. Após uma cobrança de escanteio do Flu, o Bahia afastou mal o perigo, e deixou o lateral Lucas cruzar na área. O atacante Henrique Dourado recebeu e tentou marcar de letra. A bola passou por Jean, e Wellington Silva apareceu bem para desviar para o gol.

Aos 20, mais um escanteio em favor do Esquadrão. Zé Rafael cobrou, mas a zaga conseguiu afastar. Logo em seguida, Régis tentou recuperar a bola e caiu na área depois de uma dividida com Calazans. Jogadores do Bahia pediram pênalti no lance, porém o arbitro mandou seguir. Passados cinco minutos, mais bola na área do tricolor carioca. Régis cobrou falta, mas a defesa novamente afastou.

Aos 26, por muito pouco Mendoza não deixou tudo igual na Fonte Nova. O colombiano fez uma boa troca de passes com Vinícius, que cruzou de volta. Sozinho na área, o atacante cabeceou para fora. A bola raspou a trave e acendeu os torcedores no estádio. A jogada se repetiu aos 32 minutos. Desta vez, foi Armero que cruzou para a cabeçada de Mendoza. Júlio César encaixou.

Aos 40, mais uma boa chegada do Bahia. Régis recebeu na entrada da área e bateu colocado. O goleiro Júlio César se esticou todo e mandou para escanteio. Logo em seguida, o arqueiro salvou de novo. Desta vez, foi Renê Júnior que arriscou o seu. Sem grandes jogadas, o juiz Flávio Rodrigues de Souza encerrou a primeira etapa.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

 

Segundo tempo – Mudança no Bahia. Vinícius, que jogou improvisado no ataque, saiu para a entrada do estreante Rodrigão. Logo no recomeço da partida, Zé Rafael chutou de fora da área, mas a bola saiu à esquerda de Júlio César.

Aos 4 minutos, o autor do gol, Wellington Silva, fez boa jogada para cima de Armero e ganhou um escanteio no lance. Gustavo Scarpa cobrou, mas errou o cruzamento. Aos 7, por pouco o atacante Rodrigão não deixou o seu em sua estreia. O jogador apareceu bem na área e cabeceou em direção à meta, mas Júlio César estava esperto e fez mais uma grande defesa.

Aos 10, outra grande chance para o Esquadrão. Após cruzamento, a bola sobrou para Régis, que chutou forte, mas para fora. Quatro minutos depois veio a resposta do Flu. Scarpa recebeu de Dourado, mas foi travado na hora do chute. No meio da confusão, a bola sobrou para Wellington Silva, que chutou na trave. No entanto, a arbitragem já havia sinalizado impedimento do atacante.

Aos 25 minutos da etapa final, a torcida do Bahia começou a ficar impaciente no estádio. Aos 28, Jorginho fez nova substituição no time. Vaiado, o lateral Armero saiu para a entrada do meia Gustavo Ferrareis. O jogo começou a ficar mais quente. Aos 31, cartão amarelo para Lucas Fonseca, que retornou para o time titular no duelo. A última alteração do Tricolor foi aos 35. Saiu Zé Rafael e entrou João Paulo.

O gol de empate veio aos 38 minutos. O atacante, que mal entrou no jogo, recebeu na entrada da área, girou bem e chutou no cantinho. Tudo igual na Fonte Nova. Após os quatro minutos de acréscimos, o arbitro encerrou a partida.

Sequência – Agora, o próximo compromisso do Tricolor no Campeonato Brasileiro será diante da Ponte Preta, pela 13ª rodada do torneio, nesta quarta-feira (12), às 19h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, no interior de São Paulo.