Publicado em 14/03/2018 às 09h03.

Bahia tem até esta quarta para recorrer no STJD da decisão de BA-VI

O Vitória já entrou com o pedido de efeito suspensivo da pena contra o clube e os jogadores, principalmente o zagueiro Kanu, maior afetado pela decisão do TJD

Luís Filipe Veloso
Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

 

O departamento jurídico do Esporte Clube Bahia tem até esta quarta-feira (14) para mover recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra a decisão, em segunda instância, do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD) acerca do “BA-VI da vergonha”, ocorrido no dia 18 de fevereiro.

O Tricolor, que chegou a cogitar abandonar o estadual, anunciou que vai recorrer por considerar branda a punição dirigida ao Vitória, multa de R$ 100 mil por ter “provocado” o encerramento antecipado do jogo, aos 34 minutos do segundo tempo, com a expulsão de cinco jogadores.

Enquanto isso, o Leão entrou nesta terça (13) com o pedido de efeito suspensivo da pena contra o clube e os jogadores. Maior afetado pelo ato do TJD, o zagueiro Kanu foi suspenso por 11 partidas do Baianão e fica 90 dias de fora de todas as competições nacionais.