Publicado em 15/06/2019 às 18h00.

‘Como se fosse cachorro sem dono’, diz pai de Najila ao defendê-la

Em um vídeo feito por seu advogado e divulgado pelo portal UOL, ele criticou julgamentos dos quais a modelo tem sido alvo

Redação
Foto: Reprodução/SBT
Foto: Reprodução/SBT

 

O pai de Najila Trindade, Edival Sérgio Mendes de Souza, apareceu pela primeira vez para falar sobre a acusação de estupro feita por sua filha contra Neymar. Em um vídeo feito por seu advogado e divulgado pelo portal UOL, ele defendeu a filha dos julgamentos que vem sofrendo. Ele diz acreditar que Najila sofre tentativas de ter o seu discurso desqualificado e de perder a credibilidade.

O restante da família de Najila tem se resguardado e não fez aparições públicas no decorrer da investigação.

Na visão de Edival, a filha vem sendo prejudicada por ser uma pessoa humilde em uma investigação contra uma pessoa famosa e poderosa.

“As evidências estão 100%. É claro e evidente que estão fazendo de minha filha como se fosse uma peteca, como se fosse uma pessoa que fosse um cachorro sem dono, estão fazendo de minha filha como se fosse uma louca, uma doida. Então tem que haver justiça. Pelo fato de ela não ter dinheiro. Ninguém pode julgar a minha filha se só quem estava lá e sabe de todos os fatos é Deus e eles dois. Então, não é o mundo, os fãs, os poderosos de fama, de estrelas se aproveitando de uma situação que nem eles sabem, a não ser os dois, o que está ocorrendo”, disse ele em vídeo obtido pelo UOL Esporte junto ao advogado da modelo.

Edival Sérgio Mendes de Souza mora em uma cidade no interior da Bahia e não vê a filha com frequência. Ele fez elogios à conduta da filha e diz que ficou surpreso quando soube do escândalo. Ainda ressalta que ela está sendo difamada.

“Foi uma surpresa quando eu soube que nesse escândalo estava envolvido minha filha Najila. Uma menina tranquila, uma menina que nunca deu trabalho à família nem a à sociedade. Ela sempre teve os seus sonhos a realizar, como de ser uma modelo, e quando eu fui perceber, já estava à tona na mídia, nas redes sociais, na imprensa. Minha filha sendo difamada, fiquei muito triste como pai porque eu cheguei a perceber que não estava tendo justiça, estava tendo muita influência por estar envolvido um homem de estrela, cheio de dinheiro, cheio de poder”.

PUBLICIDADE