Publicado em 13/09/2018 às 22h00.

Ex-presidente de clube francês é condenado à prisão por manipular resultados

Jean-Marc Conrad se envolveu em escândalo em 2014, quando o time ainda estava na Primeira Divisão

Redação
Foto: Emmanuel Foudrot/Reuters
Foto: Emmanuel Foudrot/Reuters

 

A Justiça francesa ordenou nesta quinta-feira (13) a prisão de Jean-Marc Conrad, ex-presidente do Nîmes, atualmente na primeira divisão do Campeonato Francês. Segundo informações do Estadão, o dirigente foi considerado culpado de envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados em 2014.

Conrado foi condenado a 18 anos de prisão mais 18 meses de período probatório – no qual voltaria à cadeia em caso de novo delito.

No escândalo de 2014, os tribunais do país ordenaram o rebaixamento à terceira divisão como punição, mas, em recurso junto à Federação Nacional de Futebol, o clube se manteve na segunda.

O Nimes enfrentou o Paris Saint-Germain há duas semanas em jogo válido pelo Campeonato Francês (foto).