Publicado em 12/07/2019 às 16h17.

Marinho relembra época do Vitória: ‘Lá eu era importante porque me tratavam assim’

Atacante atualmente defende as cores do Santos, de São Paulo

Redação
Foto: Francisco Galvão/ EC Vitória
Foto: Francisco Galvão/ EC Vitória

 

Ex-jogador do Vitória, time onde viveu a melhor fase de sua carreira como profissional, Marinho revelou que queria ser membro de banda de axé quando era pequeno.

Em entrevista ao UOL, o atacante, hoje no Santos, relembrou o sonho de infância.

“Eu gostava mais de percussão. Meu negócio era tocar em banda de axé, até meus 12 anos. Sempre joguei na rua também, meu pai reclamava que jogava com os caras maiores. Eu gostava muito do futebol, mas meu sonho era ser percussionista de banda”, disse.

Marinho também afirmou que era importante no Vitória porque era tratado desta forma por todos.

“Lá eu era importante porque me tratavam assim, então a confiança era muito grande. Já no estadual fomos campeões e ganhei prêmios. Tive regularidade e me davam confiança. Foi esse o diferencial. Quanto mais eu jogava, mais confiança eu pegava”, falou.

PUBLICIDADE