Publicado em 26/02/2019 às 18h20.

Nilton minimiza críticas: ‘sabíamos que esse ano a pressão seria dobrada’

Jogador ainda comentou o fato da alta rotatividade no elenco, em que 40 jogadores foram utilizados em partidas oficiais em 2019

Redação
Foto: Divulgação / E.C Bahia
Foto: Divulgação / E.C Bahia

 

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (26), o volante do Bahia, Nilton, disse que não se preocupa com as críticas que o time vem recebendo, especialmente depois da eliminação na Sul-Americana, na semana passada, e o empate neste final de semana.

“Jogar em equipe grande é pressão constantemente. Sabíamos que esse ano a pressão seria dobrada, pelo que fizemos ano passado, campanha na Sul-Americana, melhor campanha em pontos corridos na Série A. Isso gera uma expectativa boa em torcedores, diretoria, nós, jogadores. A gente tem que focar cada vez mais para estar voando cada vez mais alto. Espero que a gente possa cada vez mais estar se identificando”, disse.

Nilton ainda comentou o fato da alta rotatividade no elenco – até o momento, a comissão técnica já utilizou cerca de 40 jogadores em partidas oficiais do ano entre Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Sul-Americana e Copa do Brasil.

“Isso é muito bom, no sentido de todos poderem mostrar serviço, que podem ser úteis, que podem ajudar e tirar até aquela última dúvida que Enderson acaba tendo. Pela quantidade de jogos, pelo calendário apertado, que estamos repetindo há um tempo, que não tem como nenhuma equipe ter uma sequência tão grande… Isso gera um risco de lesão. É muito bom ter elenco qualificado”, falou.